Pular para o conteúdo

A Caravana Pro Paz encerra sua jornada pelo Marajó

Foto: Rodolfo Oliveira/Agência Pará

E finalizamos mais uma etapa da Caravana Pro Paz pelo interior do Pará. Aqueles que estão voltando da longa jornada pelos municípios do Marajó, deixam para trás ótimas lembranças e um bocado de histórias de vida e superação.

Alguns do beneficiados pelas ações de cidadania

A Caravana levou auxílio de saúde e cidadania para os habitantes da ilha, que aguardavam o mutirão com grande expectativa. A segunda etapa da viagem pelo Marajó contemplou os municípios de Breves, Melgaço, Anajás e Afuá.

Foto: Eliseu Dias/Agência Pará

Nesses mais de trinta dias de viagem, tivemos a oportunidade de conhecer um pouco da cultura e da realidade de quem vive na região. As necessidades dos moradores foram supridas da melhor maneira possível pelos vários profissionais que atuaram na ação.

Breves foi a primeira cidade dessa segunda metade da Caravana a receber os serviços do mutirão. É o município mais populoso do Marajó e possui infraestrutura capaz de atender boa parte das localidades vizinhas.

Imagens da Caravana em Breves

Melgaço foi a segunda cidade a receber os serviços do mutirão. Os atendimentos de saúde, assim como ocorreu nas outras cidades, aconteceram na embarcação do Pro Paz e os de cidadania em uma escola localizada no centro da cidade. A distância do centro para o porto onde o Ferry Boat da ação foi atracado não se mostrou um problema para a população, que compareceu em peso no local de atendimento.

Imagens da Caravana em Melgaço

A Caravana foi recebida com festa em Anajás, penúltima cidade dessa etapa do mutirão. O atendimento no município foi um sucesso e todas as demandas foram atendidas, com muito esforço e trabalho árduo da equipe de profissionais.

Imagens da Caravana em Anajás

A última cidade a receber os benefícios levados pela Caravana Pro Paz foi Afuá, que recebeu a ação com grande entusiasmo, fechando com chave de ouro essa etapa de atendimentos do mutirão pela região do Marajó.

Imagens da Caravana em Afuá

Foram mais de 100 mil atendimentos que garantiram saúde e cidadania para quem mais necessita: os habitantes carentes das regiões mais afastadas. Os 130 profissionais que voltaram para Belém trazem no peito a saudade de todo o convívio e entrosamento que foi criado  com os colegas de trabalho, e na cabeça as lembranças e memórias de uma experiência de vida única e de valor imensurável.

Foto: Eliseu Dias/Agência Pará

Compartilhe nossos artigos

Posts Relacionados

Comentários

Sem comentários.

Trackbacks

Sem trackbacks.